A Tecnologia Avança A Passos Largos

A Tecnologia Avança A Passos Largos
A Tecnologia Avança A Passos Largos

A tecnologia avança a passos largos. Os robôs estão realizando tarefas cada vez mais humanas e, graças à inteligência artificial, podem vir a igualarnos. Um estudante de graduação, em parceria com uma professora da Universidade de Brown, foi desenvolvido um algoritmo que permite que os robôs escrever como um humano. Atsunobu Kotani, o estudante que tem como alvo o desenvolvimento. O algoritmo que usa o robô é fundamentado numa rede neural de aprendizagem que analisa as imagens de frases escritas à mão ou desenhos pra deduzir os prováveis traços do lápis que os desenvolveu.

Graças ao algoritmo do estudante e ao sistema robótico montado por Stefanie Tellex, professora de ciência da computação Brown, foi exposto este projecto, na Conferência Internacional de Robótica e Automação de Montreal. O documento que foi anunciado a equipe de desenvolvimento mostra que conseguiram que o robô escreva “oi!” em 10 idiomas e com caracteres diferentes. O aluno Atsunobu Kotani começou a fazer o algoritmo para que o robô aprendesse a digitar com caracteres japoneses e conseguiu que os traços fossem 93% precisos.

Mas, enfim, o robô acabou reproduzindo novas maneiras muito diferentes, como as letras latinas ou itálico, tais como. Os trabalhadores do laboratório Humans to Robôs da professora Tellex escreveram “oi” em seus idiomas nativos para que o robô copiar.

Grego, chinês, inglês, francês, coreano ou japonês foram novas das 10 línguas que o robô reproduz. Mas o robô não apenas se atreveu a copiar traços humanos na hora de digitar, bem como conseguiu reproduzir desenhos. Kotani pintou um esboço da Mona Lisa de Leonardo da Vinci e o robô conseguiu copiar, sem dúvida, uma das façanhas mais relevantes do projeto pro componente humano e expressivo” que tem um desenho. Isso se deu graças aos 2 sistemas de aprendizagem do algoritmo: um lugar em que imita os traços dos caracteres; e um padrão global que considera a imagem como um todo e a cópia.

O robô consegue copiar o desenho vendo as diferentes linhas e identificando um ponto de início e um de encerramento de cada uma delas, para saber onde começa a desenhar e onde termina. Poderia ser este um passo para a intercomunicação entre os robôs? Pode parecer algo futurista e até mesmo conceder medo, entretanto em tão alto grau Kotani como Tellex estão centrados em obtê-lo.

  • 90% DE TELA E ‘NOTCH’ REDUZIDO em FRENTE AO IPHONE X
  • 63Ibíd., p. 37 (tradução do autor)
  • Mátate de estudar e serás um cadáver culto
  • Aplicar a regra de problemas subsidiárias se é bem-sucedido saltar para o passo 6b

No dia seguinte, 10 de novembro, veio para a França e outros países europeus, e a onze de novembro finalmente chegou ao Reino Unido. Em território britânico, foram vendidas até 260 000 unidades em sua primeira semana, convertendo-o lançamento com maiores vendas em um curto tempo de tempo nessa área.

A imprensa em geral elogiou a continuação de Halo: Combat Evolved. Os websites Metacritic e GameRankings lhe pesaram um percentual de 95% de aprovação sobre a apoio de diferentes classificações e opiniões de diferentes meios. Recebeu 2 prêmios como “Melhor Jogo do ano” e “Melhor design de som” durante a entrega dos Interactive Achievement Awards nesse ano em que estreou.

Xbox Live de desse modo. Efetivamente, a Game Informer e numerosas publicações tinha Halo dois com uma pontuação superior do que o seu predecessor, tendo em conta as melhorias no jeito multiplayer. A maioria das considerações concidieron que Halo dois usa a mesma fórmula que fez com que o primeiro Halo fora bem-sucedido. Star Wars: Episode II – Attack of the Clones”.