Transporte Aéreo De Chefes De Estado

Transporte Aéreo De Chefes De Estado
Transporte Aéreo De Chefes De Estado

Alguns países possuem aeronaves dedicadas exclusivamente ao transporte de Chefes de Estado, presidentes de Governo e altos cargos. O mais famoso do mundo é o Air Force One, operado na Força Aérea dos Estados unidos. 2 Airbus A340-313X V. I. P.

Os dois Airbus A340-313X, ex Lufthansa, foram desenvolvidos pela Lufthansa Technik (partindo de um desenho V. I. P.), que lhes aplico quartos de descanso e tecnologia relacionada com a segurança. Os aviões levam o nome de Konrad Adenauer, o primeiro chanceler da Alemanha (ocidental), e Theodor Heuss, o primeiro presidente da República Federal da Alemanha.

Até 2011, os funcionários do governo da Alemanha usaram 2 Airbus A310-304 V. I. P. 21) continua a prestar serviço (até 2013). Os 2 Airbus A319CJ, os 4 Bombardier Global 5000 e os três Eurocopter AS532 Cougar são tratados na Luftwaffe e têm como função principal o transporte de Representantes do Governo e Parlamentares.

  • Quatro Dinar 10.4.1 Dirham
  • 07 mar
  • Facu89 (discussão) 18:03 dezenove abr 2013 (UTC)
  • A NP é mais conveniente especifique pra cada serviço
  • Viagens baratas
  • Bairro de Södermalm

Argentina opera uma frota de aviões e helicópteros para exercício exclusivo do Presidente da Argentina e sua família. Esse grupo de aeronaves é chamado de Agrupamento Aérea Presidencial e pertence a uma das secretarias da Presidência chamada Casa Militar, departamento responsável por transporte e a segurança do mandatário argentino.

Por tua fração, o H-01 é o helicóptero presidencial encarregado de transportar diariamente ao presidente pela Quinta Presidencial de Olivos, moradia do mandatário, até a Casa Rosada, sede do poder executivo. O principal avião presidencial utilizado pelo Governo brasileiro é um Airbus A319 alterado, indicado na Força Aérea Brasileira como VC-1A, oficialmente batizado como “Santos Dumont”, em homenagem ao pioneiro da aviação brasileira. O VC-1A é usado para transportar o Presidente em viagens de médio e comprido alcance. O Grupo de Transporte Especial (GTE) da Força Aérea Brasileira é responsável por transportar o Presidente, o Vice-presidente e os ministros do Governo brasileiro.

Um Airbus A319 (VC-1A) em configuração VIP chamado “Santos Dumont”. Dois Embraer 190 em configuração VIP chamados “Bartolomeu de Gusmão” e “Augusto Severo”. Dois Eurocopter Super Puma (VH-34) VIP. Dois ERJ-135 (CV-99C) VIP. Dez Embraer ERJ-145 (C-99A). Três Learjet 35 (VU-35). A frota tem a tua sede na Base Aérea de Brasília (BABR). O Esquadrão 437 da Real Força Aérea Canadense que opera 5 Airbus A310-trezentos (CC-150 Polaris).

Quatro destes, estão configurados como aviões normais, pro transporte de carga e com prática de reabastecimento em voo. O A310 restante (N º 001), é operado com uma configuração VIP onde viajam a Rainha Isabel II, o Governador-Geral do Canadá, o Primeiro-Ministro, além de outros mais participantes da Família Real e altos funcionários do governo.

O Polaris CC-150 é usado principalmente pras viagens de longa distância. No ano de 1933, entrou em funcionamento a primeira aeronave presidencial, era um Junkers Ju 52/3mce que prestou seu suporte ao presidente Enrique Olaya Herrera que foi o seu primeiro usuário. O Presidente da Colômbia tem diversas aeronaves à tua aplicação.

O mais utilizado é a Força Aérea Colombiana 0001 (viagens médias e curtas), é um avião adaptado com a configuração 737-700 BBJ, ou Boeing Business Jet. Para viagens de alongado alcance são utilizados Boeing KC-767 “Jupiter” e um Boeing 707 “Zeus”, ambos adaptados, em Israel, a segurança e o conforto. Em novas ocasiões são utilizados pelo presidente um Fokker F28, a Embraer Legacy 600, Casa C-295 e Cessna Citation pra viagens a curta distância ou o transporte do gabinete ministerial ou o vice-presidente.