José Alexandre Castanheira

José Alexandre Castanheira
José Alexandre Castanheira

Obteve o prêmio ibero-americano de jornalismo Rei de Espanha, o Prêmio Moradia de las Américas, e três prêmios de jornalismo Simón Bolívar. Faz parcela do grupo de Novos Cronistas de Índias da Fundação pro Novo Jornalismo. Suas crônicas foram traduzidas para o inglês, francês, alemão e japonês. Nasceu em um bairro popular, o 12 de outubro, e cresceu em meio à brutalidade dos anos 80’s colombianos. Em 1997, no momento em que ainda estudava Intercomunicação Social e Jornalismo pela Instituição de Antioquia, foi contratado pelo jornal O Colombiano para cobrir as notícias políticas e depois de as judiciais. Começou a trabalhar, desta maneira, no jornal ” El pais, de Cali, como diretor da Unidade de Busca.

No decorrer de tua carreira, colaborou com reportagens pra revistas Leopardo (Colômbia), Soho (Colômbia), Etiqueta Negra (Peru), Lateral (Espanha), Alma Magazine (Estados unidos) e Letras Livres (México). Qual o preço matar um homem? Prêmio Nacional de Jornalismo Simón Bolívar, classe “Melhor Crônica na Imprensa” por: “O flagelo das mulas”.

Prémio Nacional de Jornalismo Simón Bolívar, ordem “Melhor Cobertura de uma notícia pela Imprensa” por: “Drama em a caminho do mar”. Jornal O país, Cali. Prêmio Nacional de Jornalismo Simón Bolívar, categoria “Melhor Cobertura de uma notícia pela Imprensa” por: “Colômbia procura seus falecidos”. Apontado como um dos Novos Cronistas de Índias pela fundação Novo Jornalismo.

o Seu livro Zoológico Colômbia: crônicas surpreendentes de nosso povo foi escolhido como um dos 10 livros mais importantes de 2008 no brasil, o crítico literário Luís Fernándo Faxineiro na Revista semana. Castanheira, José A. (2005) A ilha de Morgan. ↑ FNPI. “Novos Cronistas das Índias”. Castanheira, José A. (2005) A ilha de Morgan. ↑ O Malpensante. “Fecho de edição”. 2 hipopótamos jururus | Letras Livres. A prisão do amor | O Tempo.

Os partidários de Jackson relataram o efeito como um “Tratamento Corrupto”, em razão de Clay deu-lhe o apoio de teu estado pra Adams, que deste modo nomeou Clay secretário de estado. Visto que nenhum dos eleitores de Kentucky tinha votado por Adams, Jackson, que havia vencido o voto popular, alguns políticos de Kentucky, criticaram a Clay por violar o desejo do povo por favores políticos. A derrota de Jackson quebrou tuas credenciais políticas. Mesmo em vista disso, muita gente ficou com a ideia de que o “homem do público” havia sido roubado de sua vitória, os “burocratas corruptos do leste”.

Jackson denunciou o “tratamento corrupto” que se fez, em 1824, e pelos quatro anos seguintes, dirigiu uma campanha pra levantar a Adams da Casa Branca. Ele renunciou ao senado em 1825 para dirigir-se depois da presidência. Ao aparecer o tempo, a legislatura de Tennessee, de novo escolheu a Andrew Jackson pra presidência.

  • Loja pra guris
  • um Direção geográfica
  • Um representante de Agências de Viagens
  • Mercados não regulados e competitivos
  • 2 de Julho a outubro de 1936: avanço sobre Madrid e campanha de Guipúzcoa

Jackson atraiu o suporte do vice-presidente de Adams, John C. Calhoun, como esta de o suporte de Martin Van Buren e Thomas Ritchie. Van Buren e Ritchie antes apoiavam Adams. Van Buren, com a ajuda de seus colegas em Philadelphia e Richmond, reavivaron várias propostas do partido republicano e resolveram variar o nome do partido como o Partido democrata. Organizaram o partido para uma longa durabilidade. Em 1828, Jackson e tua equipe derrotou com facilidade a Adams na eleição presidencial. Ao longo da eleição, os oponentes de Jackson se odiavam tanto, que publicamente o chamavam de “jackass”, um termo depreciativo em inglês que significa burro. Ao invés de ofender-se, o nome lhe causou graça de michael Jackson, portanto que decidiu utilizar a imagem de um tolo como representação de teu novo partido.

Essa imagem ficou popular por um tempo, porém depois caiu no esquecimento. Não foi até que saiu uma caricatura pelo famoso Thomas Nast que o tolo chegou a associar-se permanentemente com o partido democrata. A campanha chegou a ser uma briga pessoal entre Adams e Jackson. Como era o costume da data, nenhum dos candidatos fez campanha pessoalmente, mas seus partidários em inúmeros estados organizavam-se conferências, manifestações e comícios em apoio do seu candidato preferido.

Além de eventos, também escreviam muito contra os candidatos contrários aos jornais. A seleção caiu em um ponto miúdo, quando os partidários de Adams acusado a esposa de Jackson de bígama. Ao longo da campanha, Jackson também foi atacado, não só por ter escravos, todavia bem como por movê-los de um lado para outro em pesquisa de lucrar, um estímulo pros padrões da moral da data. O nome de Jackson foi ligada ao tipo de governo que exerceu, o que é conhecido como a democracia jacksoniana.

A democracia jacksoniana é estabelecido como o tipo de democracia que representa os interesses do público comum, em vez dos interesses de um eleitorado específico, como era o caso até deste jeito só podiam votar os homens brancos proprietários de terras. Ainda em vista disso, a despeito de o voto incluía agora a mais pessoas, estava restrito apenas aos homens brancos.