Investidura De Pedro Sánchez

Investidura De Pedro Sánchez
Investidura De Pedro Sánchez

Acreditamos que se sai diante de tua investidura vai causar muito prejuízo a Espanha”, diz Santiago Abascal. 20:Vinte e quatro “A lei de memória histórica é um ataque à liberdade. Estão transformando o estado em um gigantesco aparelho de propaganda socialista”, diz Abascal. 20:06 “Enquanto os separatistas consipran contra a Constituição, os espanhóis de pé estão a pagar a factura.

Se a nossa força política existe é em razão de teu partido, o PP trouxeram para a nação casos de corrupção. Vocês fizeram coisas boas, mas se não fosse por seus erros, não estaríamos nesse lugar”. 19:35 Pablo Iglesias a respeito da reforma do postagem 99: “Quiren mudar os regulamentos depois do jogo. A Constituição é alguma coisa muito sério.

  • 1996: Pokémon Red e Blue
  • 1988: Soldado espanhol Antonio Giménez Rico
  • Amazon bate recorde de criação de empregos em 2015 pela Europa
  • 2 Imagem pública
  • 1 Doença e abdicação
  • Os parágrafos sem fonte indicados prontamente têm as fontes que lhes faltavam
  • Marcos Comparini, ex-vice-presidente do Banco Penta
  • Grã-Cruz da Ordem de São Raimundo de santo ramon.[27]

Se têm que regressar a um acordo”. 19:Trinta e dois “Um governo de coalizão é negociado em proporção à força de educação e formação”, diz o secretário-geral Unidas Podemos. 19:31 “Quando você nos diz que necessitamos ser generosos e responsáveis. A gente tem retirado nosso candidato por teu veto.

E não era uma procura da população espanhola. Às vezes, este tipo de debates têm o traço de tornar-se diálogos de surdos”, diz Igrejas em sua réplica. 19:Vinte e oito “A proposta está em cima da mesa: um governo de coalizão.

Pedro Sanchez. 19:07 “Se não chegamos a um acordo, qual é a solução? Instalar o bloqueio e conduzir-se para novas eleições?”, continua perguntando Sánchez. 19:06 “Há diversas discrepâncias quanto a como solucionar a crise na Catalunha”, diz Sánchez, que foi añadidio em Barcelona, foi estacionado as discrepâncias e foi determinado um pacto. Sánchez. 19:03 TURNO DE resposta DE PEDRO SÁNCEZ | “Na minha intervenção falei de diferentes pactos de estado”, e após nomeá-los acrescenta “falei de coisas que são capazes de nos unir”.

19:02 Díaz Pérez, que fala em nome da federação galega de IU, menciona-se às ligações ferroviárias, o sector do leite, o setor naval, e outros setores “estratégicos” para a Galiza, do mesmo jeito que a devolução do ponto de Meidas. 19:00 Segundo os dados de afiliação, da segurança social, 51% são contratos temporários, precários, proporciona Díaz Pérez: “É gente que malvive. Ou melhor uma emergência social”, acrescenta.

Alberto Garzón a Pedro Sanchez. 18:Cinquenta e dois Sobe ao púlpito Alberto Garzón: “Já passaram mais de dez anos, desde começo da crise, que foi uma farsa, uma transferência de rendas de poderes públicos para os privados”, diz o líder da INTERFACE de usuário.